Despedida



Outro dia recebi uma mensagem de um cara que estava de passagem pela minha cidade e queria agendar um encontro para a tarde. Parecia uma pessoa tranquila, foi muito educado, trocamos algumas coordenadas e agendamos o horário e o local.


Deixei meu carro onde combinamos e fomos no dele, mas assim que entrei percebi que havia um semblante de preocupação, e até entendo, a maioria dos meus clientes não veem meu rosto enquanto não nos encontramos e isso gera certa ansiedade e receio,  mas minha função é tornar o momento de forma mais agradável possível. Então, puxo assunto... faço algumas perguntas, sendo cautelosa para não ser invasiva, e no fim a pessoa relaxa e eu também.


Com esse moço não foi diferente. Assim que chegamos no motel, ele foi tomar um banho e foi ficando mais tranquilo. Acho que parte dessa ansiedade se dava ao fato dele estar retomando o casamento, me contou que estava separado alguns dias, mas que tinha tomado a decisão de dar mais uma chance ao relacionamento, e que nosso encontro seria como uma “despedida”. Legal! Será que já posso colocar no “currículo” que já fiz Despedida de Solteiro? Rsrs! 


Enfim, ele era um homem grande, uma pegada gostosa, beijava muito bem, sabia mesmo usar a boca... mas aqui aconteceu uma situação singular e ainda não experimentada até então. Fiz oral nele e vice-versa, depois de colocar o preservativo, fiquei por cima na posição cavalgada, e era gostoso essa posição com ele, quanto mais eu rebolava em cima do seu pau mais me dava vontade, deitei sobre o seu peito para ficar mais encaixada e continuei a rebolar, ele colocou um dedo lá atrás, e todos os meus orifícios sexuais estavam sendo estimulados, para mim, foi uma sensação nova e tão excitante que não demorei a gozar assim, e enquanto eu gozava e gozei muito, ele também gozou!


É interessante abrir a cabeça para o diferente, para outras posições, para outras formas de gozar. Sexo anal é uma experiência que eu tenho buscado explorar e sempre é surpreendente!

Recomendo! Tentem em casa, devagar... para não assustar as garotas, mas tentem. O sexo anal é como oferecer um alimento diferente para um ser que está começando a experimentar alimentos sólidos, precisa insistir um pouquinho e apresentar de diversas formas. Às vezes não é da tradicional que a mulher vai topar, mas dá para começar de outros jeitos, seja com o dedo, seja apenas passando um óleo massageador na região, ou mesmo a língua. Falarei mais em outro post! Beijos!


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Desapego e Sexo anal

Decidi me vender