Suíte egípicia

Numa quinta-feira um sujeito fez contato comigo no início da tarde. Acho que não comentei ainda aqui no blog, mas eu não trabalho só como acompanhante, eu sou mãe de filha única, sou uma pequena empreendedora e também acadêmica (como já tinha dito). A acompanhante entra no modo operante a partir das 13:30  da tarde, com algumas exceções. Então quando vi uma ligação no número de acompanhante me irritei um pouco, na verdade, pensando bem agora, eu já estava irritada com alguns inconvenientes relacionado ao meu ex-marido. Atendi, e do outro lado uma voz mansa perguntou sobre valores e disponibilidade (detesto que me perguntem valores nas ligações e por whats, afinal, a informação já está no site para isso). Respirei fundo e respondi tudo calmamente. Tendo na cabeça que meu problema não era a ligação, mas o passado que não cansa em me chatear no presente.

Enquanto dirigia para a escola da minha filha, o sujeito fez contato novamente querendo me encontrar. Nesse mesmo tempo, uma cliente do meu outro negócio me liga também precisando de produtos urgente. Desligo o telefone depois de combinar com A cliente e com O cliente que daqui a poucos minutos resolveria o problema de ambos. 

Antes de começar minha tarde eu já estava fudida!

Corro para casa, banho rápido, maquiagem, lingerie por baixo, roupa de negócios por cima. Produtos para a cliente numa sacola e saltos altos em outra. Aviso o cliente que me atrasaria alguns minutos. Combinamos de eu passar no seu trabalho e irmos de lá para o motel.

Atendido o pedido dA cliente, corro para o outro, no percurso, paro no posto para abastecer porque já estava na reserva, enquanto isso, troco minha sandália preta por um scarpin vermelho e coloco os brincos maiores. Troco mensagem de novo com o cliente e em minutos estou parada em frente a empresa.

No caminho para o motel, conversamos amenidades, mas as coisas só começaram a ficar interessantes quando ele disse em qual suíte entrar assim que nos aproximávamos do motel. Pensei comigo "esse sabe bem o que quer". Eu já conhecia aquela suíte dos tempos de casada, era uma decoração egípcia nos tons dourados, muito sexy e elegante, com kit banheira e pole dance,  mas ainda não havia ido com clientes. Chegamos, me ofereceu uma bebida, sentamos num sofá que parecia mais um divã, e conversamos por um tempo. 

Se tem uma coisa que me encanta nas pessoas é o poder de comunicação e inteligência. Enquanto ficávamos ali conversando íamos nos entrosando e quando percebemos que o assunto estava se esgotando, ele me beijou, um delicioso beijo, acompanhado de uma gostosa pegada. Tiramos a roupa, ele me colocou na cama e continuou a me beijar. 

Ele, um moreno alto, de voz mansa, educado, também um lord na cama. Fiz oral nele, mas fiquei preocupada porque não vi nenhuma reação. Ele, levanta, me coloca nos pés da cama e começa a me chupar, vi que o lance dele era esse, e num combo de dedos e língua gozei deliciosamente na sua boca. Ele, colocou o preservativo e meteu na bocetinha. Depois trocamos a camisinha e ele meteu atrás, meteu, gemi, meteu mais, gemi mais e ele gozou.

Depois ficamos um tempo conversando novamente, mas agora na banheira de hidro, que eu pedi para encher quando chegamos. Nossa conversa nos levou a uma troca de cortesias, dei a ele algumas amostras do produto que fabrico, e ele me deu uns convites para um local de entretenimento na cidade.

Dias depois, quase nos esbarramos no shopping, e por uma falha de comunicação nossa, quase tomamos um café juntos! Três coisas me marcaram nesse encontro: o orgasmo, a frase "só pelo beijo já vale o investimento" e o fato dele demonstrar, enquanto eu dirigia de volta, uma satisfação sincera de ter passado aquela tarde comigo.

P.S: Caso, você moreno, leia o post, fique sabendo que na próxima a gente vai conversar menos e você vai me comer em cima de todos os móveis da suíte!




Comentários

  1. Ou seja, correu-te muito bem!! :)

    Bjocas

    ResponderExcluir
  2. Costuma-se dizer que os olhos também comem. A conversação também. Juntando-se as duas vertentes, acontecem os momentos sensuais perfeitos, como foi o, aqui, tão bem narrado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Desapego e Sexo anal

Decidi me vender