QUEREMOS GOZAR SIM! 5 DICAS!





Se tem uma coisa que eu ando apreciando nessa vida, é a tal da maturidade. Ah, como gosto, é com ela que consigo olhar para as pessoas e abstrair só o melhor, o necessário para a minha energia. O resto não me interessa. Assim também é na vida sexual, hoje consigo perceber o potencial de um cara na cama. Alguns dominam a magia do sexo oral, outros tem aquela pegada gostosa que te põe de quatro e te faz ver estrelas. Todo homem é em potencial uma máquina de provocar orgasmos femininos, mas estão longe de o saber fazer.

Mas calma, não precisa ficar putinho (ou fique sim) só pelo primeiro parágrafo desse post, tudo tem um propósito, e o meu com esse artigo, é só incentivar a vocês, alas masculinas a proporcionar mais prazer a ala feminina, pois consequentemente, há chances de aumentar e melhorar a sua vida sexual em casa.

Depois da minha separação, experimentei sexo com homens de diversas idades, os de 20 e pouco, os de 30 e os de 40. A galera dos 40 não me surpreendeu em nada, a não ser pelo fato de serem mais carinhosos, mas carinho não dá orgasmo, e o que a gente quer é isso, os de 30 estão numa fase meia boca, querem que a parceira tenha orgasmo com eles, mas não tem muita paciência para nos esperar chegar lá, mas a galera de 20... ah... esses estão lendo cartilhas e pesquisando ponto G, podem dar aulas disso se quiserem, estão se tornando verdadeiros monges do prazer.

Entendam uma coisa: nós mulheres queremos sim, carinho, paciência e amor, mas no SEXO a gente quer mesmo SÃO ORGASMOS, a gente quer chegar lá, ver estrelinhas, sentir o corpo estremecer, perder o controle das pernas, sentir a ppk vibrar, ter aquela sensação de “Eu sou a dona do mundo” ou “O mundo já pode acabar se quiser porque estou satisfeita.”

Então, como proporcionar tudo isso?
  1. Demonstre a sua  parceira que você tem interesse em lhe proporcionar prazer, mas NÃO É dizendo que “quer meter na sua bocetinha até gozar”, isso é o seu prazer, não o nosso.
  2. Para nós mulheres, as preliminares tem que acontecer primeiro na nossa cabeça, e não no corpo, é nos dizendo coisas carinhosas ao pé do ouvido ou fazendo algo do tipo mandar lavar nosso carro, trazer aquela revista da banca que a gente adora, são coisas bobas mas que prestamos muita atenção, e isso alimenta a sensação de ser querida, e nos sentindo assim, vamos querer dar mais vezes.
  3. Na cama, diga a ela que quer vê-la gozar, mas não a pressione e não repita isso muitas vezes, peça que ela mostre aonde sente mais sensibilidade, vá experimentando língua e dedos e peça feedback. 
  4.  Não seja apressado, esse é o grande segredo, precisamos sentir que você sente prazer em todo o processo e não só na hora de nos enfiar a piroca.
  5. Existem mulheres que são muito retraídas na cama por inexperiência ou por conceitos morais e religiosos, então, dizer a ela que a respeita pelo que ela é, mas que na cama ela pode ser o que ela quiser que você também vai respeitá-la por isso, É MUITO IMPORTANTE.
Tem maridos que adora o tipo “Dama na rua e puta na cama”, mas não diz isso a sua mulher,e vai procurar fora. E às vezes ela acha que pode ser recriminada pelo marido se trouxer algum comportamento diferente para a cama do casal, digo isso por experiência com um namorado que tive.
Por fim, se você respeita uma puta paga por todas a ousadia que elas têm, você também pode respeitar a sua mulher por ser uma dentro do seu quarto.

Comentários

  1. Vou usar toda a minha sinceridade: Vou dizer ao meu namorado para ler este texto maravilhoso, :-)))
    .
    Deixo um carinho

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo brilhante e verdadeiro texto!
    Adorei ler, é sempre bom " aprender" mais :-)

    Beijoos

    ResponderExcluir
  3. Termino relacionamentos não por causa de traição, é que no segundo encontro eles já começam com a sacanagem de transar mal! Não tenho paciência!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, eu tbm não, pra mim o sexo é 70% do relacionamento... tudo bem que nem sempre vai ser aquela coisa FODA, mas tem que ser sempre bom. No mínimo.

      Excluir
  4. Acredita que li com toda a atenção e, embora não tivesse aprendido muito, sempre fica em nós algo de bom de tão requintada aula sexual. O tempo em que o homem (ou mulher) não fazia/m certas acções sexuais com os namorados/maridos/mulheres, penso que já lá vai. Como se diz e bem: "" Lady na Rua... Puta na cama"" . O meu elogio ao texto
    .
    Feliz Fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nuno, vc não me decepciona nunca em seus comentários. rsrsr
      Muito obrigada!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Desapego e Sexo anal

Decidi me vender